Já…

 

"A gente já sente falta do que ainda nem se foi".

 

…E é tão cedo!

Mas já arde em mim o medo do atraso.

 

Pois eu, que já me fui, nenhuma falta lhe faço.

 

Acaso o espaço pouco contribui

Se assim corroi o tempo os meus passos?

 

…Ah, a tarde cai.

 

Anúncios

Sobre wconet

Eu sou o Outro. Tudo o que me desejares retornar-te-á em dobro semelhante à imagem refletida no espelho que sou. Cuida-me e tua imagem resplandecerá. Descuida-me e ela turvará. Assim como o espelho não serve a uma ausência, quem és tu sem o Outro? CARPE DIEM!!
Esse post foi publicado em Poesia. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Já…

  1. wconet disse:

    Grato pelo comentário, minha adorável aluna!

  2. Ângela R Gurgel disse:

    Adorei conhecer o poeta que habita este filósofo que adoro.
    Beijos de sua, sempre, aluna.

  3. Fátima disse:

    Mas amanhã é outro dia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s